Câmeras ao vivo

As melhores câmeras ao vivo, antes de sair confira as condições da praia veja o clima e a movimentação nas praias. Conheça o litoral sem sair de casa, são mais de 6 câmeras ao vivo para você se divertir.





Escolha a sua abaixo:




Espaço patrocinado

O líder do Samsung Galaxy ASP World Championship Tour 2014, Gabriel Medina, foi o único brasileiro a passar para as quartas de final do Drug Aware Margaret River Pro na Austrália. Ele conquistou a segunda vaga derrotando Miguel Pupo e o australiano Yadin Nicol na primeira rodada classificatória em Main Break. Mais dois brasileiros perderam, Filipe Toledo para Kelly Slater e Adriano de Souza por décimos para o também norte-americano Nat Young. A repescagem mudou para The Box e nenhum dos três conseguiu aproveitar a segunda chance nos tubos do pico de direitas que nunca tinha sido utilizado em competições da ASP em Margaret River.

A comissão técnica chegou a anunciar a realização das quartas de final em The Box ainda para a quinta-feira. No entanto, entrou um vento mais forte afetando diretamente a qualidade das ondas quando Adriano de Souza disputava a última repescagem e decidiram aguardar por uma hora para analisar as condições. Mas, antes disso já foi confirmado o adiamento das quartas de final para as 7h00 da sexta-feira na Austrália, 20h00 da quinta-feira pelo fuso horário de Brasília, com a transmissão ao vivo podendo ser acessada pelo www.aspsouthamerica.com


Gabriel Medina na única vitória brasileira na quinta-feira em Main Break (Foto: Kelly Cestari / ASP)



E Gabriel Medina vai defender a ponta do ranking mundial contra um local do West Australia, Josh Kerr, que não achou as ondas em Main Break na primeira bateria da quinta-feira e ficou em último no confronto vencido por Bede Durbidge. Já em The Box mostrou todo o seu conhecimento para surfar ótimos tubos contra o trialista Yadin Nicol. Mas Medina é o único invicto entre os oito finalistas do Drug Aware Margaret River Pro, vencendo as três baterias que disputou em Main Break.

Em sua estreia como líder do ASP World Tour, mandou o havaiano John John Florence e o norte-americano Kolohe Andino para a repescagem. Depois despachou o próprio John John na terceira fase no domingo. E na quinta-feira, após três dias sem competição por falta de boas ondas em Margaret River, fez o maior placar do dia em Main Break para derrotar Miguel Pupo e Yadin Nicol por 14,33 pontos na segunda disputa pelas vagas nas quartas de final da segunda etapa do Samsung Galaxy ASP World Championship Tour 2014 na Austrália.

Agora ele deve competir pela primeira vez em The Box, que é o palco preferido para fechar o evento na sexta-feira, mas o prazo ainda vai até domingo. As condições são bem mais desafiadoras do que em Main Break e Medina vai ter que encarar de backside os tubos nas direitas em The Box. Além dele, o outro único “goofy footer” nas quartas de final é Nat Young. O norte-americano quase perde a última classificação direta para Adriano de Souza, que chegou perto da virada na esquerda que surfou no minuto final. Ele precisava de 6,16 pontos, mas recebeu nota 5,60 e o placar entre os dois ficou em 13,93 a 13,37, com Joel Parkinson em último com 10,73 pontos.

Em uma bateria mais fraca de ondas, Filipe Toledo também perdeu por pouco para Kelly Slater, 11,93 a 10,63 e o taitiano Michel Bourez só conseguiu somar 8,50 pontos nas duas notas computadas. Na repescagem em The Box, Filipinho surfou o melhor tubo entre os brasileiros, mas foi só um contra dois igualmente na casa dos 8 pontos que Joel Parkinson achou para ganhar a vaga para enfrentar a fera Kelly Slater na terceira quarta de final. Este confronto de campeões mundiais vai ser o grande clássico do último dia do Drug Aware Margaret River Pro.

Antes de Filipe Toledo, Miguel Pupo já havia sido eliminado pelo sul-africano Jordy Smith na primeira bateria disputada em The Box na história da ASP. E no último confronto do dia, Adriano de Souza até surfou vários tubos, porém sem conseguir superar os 14,33 pontos das notas 6,50 e 7,83 das únicas ondas que o taitiano Michel Bourez surfou na bateria. Mineirinho deve perder a terceira posição no ranking com este resultado, assim como Miguel Pupo cair do quinto pela desclassificação em nono lugar nesta segunda das três etapas do Samsung Galaxy ASP World Championship Tour 2014 na Austrália.

PRÓXIMAS ETAPAS – A última é o Rip Curl Pro Bells Beach nos dias 16 a 27 de abril, com Adriano de Souza defendendo o título inédito para o Brasil conquistado no ano passado no evento mais tradicional do ASP World Tour. Depois, o próximo desafio na corrida pelo título mundial da temporada é na etapa brasileira do WCT, o Billabong Rio Pro de 7 a 18 de maio no Postinho da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

O Drug Aware Margaret River Pro está sendo transmitido ao vivo pela internet e o link pode ser acessado pelo www.aspsouthamerica.com e acompanhem.



Espaço patrocinado

Calendário de campeonatos

Clique em cima do nome do campeonato e veja o site que está fazendo a transmissão ao vivo !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

câmeras ao vivo

temonda